Minha submissão I (Aline sissy)

Minha submissão I
Vou aqui descrever minhas vivências e sensações de meus encontros com minha Domme. Desde pequeno sempre gostei de me vestir como mulher, me sentir como mulher, apesar de não sentir atração por homem, e sim por mulheres. Para mim isso não faz sentido até hoje mas para ficar em paz comigo mesmo aceitei o fato e não procuro mais explicação. Tenho atração por trans, talvez por ter um corpo de mulher e ter pênis, mas também isso não procuro mais entender.
Minha procura por dommes e rainhas sempre foi uma decepção, já que não sabia onde procurar e as que achei foram de sites, que na verdade não foram dommes, já que faziam apenas inversão.(não estou depreciando estas pessoas mas não era isso que procurava).
Já não acreditava que iria encontrar uma pessoa assim até que um dia abrindo um site de anúncios vi um que me chamou atenção. Pela beleza da mulher, pela postura dela nas fotos e pelo texto, ela não colocava o telefone e pedia para mandar um email para ela caso houvesse interesse em fazer uma sessão. Resolvi mandar o email, sem muita demora recebi sua resposta. Ela falava que que aceitava fazer a sessão mas que teria que fazer o deposito da metade antecipadamente por motivos que ela descrevia na resposta.
Minha primeira reação foi de desconfiança já que minhas experiências não tinha sido muito boas; porem meu interesse era grande e achei seus motivos reais e senti nas entrelinhas que não era golpe. Resolvi aceitar e respondi que aceitava.
Marcamos data e local, sai do serviço e fui encontrar com ela  para irmos ao um local adequado. Estava ansioso por conhece-la e pela sessão. Ao chegar no local ela entrou no carro, bonita, educada, me passou tranquilidade, tive a sensação que já a conhecia, fique relaxado e fomos para o local combinado.
Iniciamos a sessão e tudo mudou, ela me montou e se vestiu lindamente de Domme, que energia que força emanava dela, mas com carinho, com delicadeza, que paradoxo… algo disparou em mim como um gatilho, entrei em transe sua voz doce seu toque , meu coração disparou, hormônios explodem no meu sangue começo a ver sua aura, grande bonita, ela não e uma pessoa norma l(sera que ela sabe disso?) já aprendi que não devo externar estar coisas, quase ninguém compreende isso, além de que imediatamente sinto ser invadido por uma força que me faz entregar, sentindo um prazer que nunca tinha sentido minha alma meu ser vibra, pulsa, estou vestida de mulher meu coração está a mil, meus sentimentos a tando tempo guardados vem a tona, ela me toca, me conduz, me amarra… Quando olho pra ela vejo seu ser parece que já a conheço a muito tempo, sinto ondas de energia saindo dela e me tocando gerando mais explosões de energia, estamos no clímax da sessão ela me dominando totalmente eu me entregando numa proporção que jamais imaginei, ela me penetra com o console e tudo em volta some só existe eu e ela e explodo em orgasmos….
Amei ser montada, já que sempre gostei de me vestir como mulher, senti prazer em colocar aquela bota maravilhosa, andar de salto alto, ser fotografada (a meu pedido, claro). Senti um imenso prazer em ser chicoteada, doía mas queria mais e a cada chibatada meu corpo pulsava de prazer. Usar uma coleira no pescoço colocado por ela me deu a sensação de pertencer a ela e tudo que ela fazia com meu corpo, a minha alma só me fazia querer mais, entregar mais, via a minha imagem nos espelhos  e delirava, olhava também para a Domme que me conduzia com maestria e não queria que estes momentos terminassem.
Estamos voltando vou deixá-la  em  sua casa, ainda estou tendo orgasmos atrás de orgasmos, quero expressar mas fico sem saber o que falar não quero que perdê-la e acabo não falando nada… ela desce do carro e se despede com muita educação, estou em êxtase. Vou dirigindo pra casa e relembrando as cenas, meu ser quer mais quero poder estar perto finalmente achei uma domme de verdade,  achei a minha Domme,  meu ser me diz que já nos encontramos antes mas não quero pensar nisso agora, só quero viver este momento, além do que, nem sei o que ela acha de mim, se terei um dia uma oportunidade com ela, só sou mais um, uma pessoa como ela deve ter um verdadeiro harém…
Acordo a noite pensando nela ainda estou tendo orgasmos. Pela manhã lembro que ela me falou para abrir um perfil no facebook e no fet para postar as fotos que tiramos. Vejo na internet  diferença de sissy e cross e me identifico com o sissy. O nome? Coloco o de uma amiga que já não esta aqui mais mas que me identifiquei muito, e qual e minha surpresa quando falo com ela o nome e ela gosta. Ela me diz e o nome da uma grande amiga…. Apos 4 dias ainda sinto em meu corpo e meu espirito as endorfinas de prazer êxtase só de lembrar da sessão e da pessoa dela fico excitado.
Estou fascinado pelo mundo BDSM e pela domme que me mostrou e abriu este fascinante mundo, sindo uma necessidade de me entregar para ela, descobri o que há anos procuro. E isto que eu quero e isto que vou fazer de agora em diante, e espero poder ter muitos contatos com esta fascinante RAINHA que me completou que tocou meu ser e me  abriu. Sinto por ela carinho, amor, paixão e muito mais. Ela de disse uma palavra estes dias para o que estou sentindo: SUBMISSÃO.
Depois de algumas sessões, Ela me disse que queria levar uma pessoa na próxima sessão, disse que sim, apesar de nunca ter feito isso, mas confio nela e acho que será uma boa experiência.
Este foi um pequeno relato da minha caminhada, vou continuar a escrever e descrever as sessões que já vivenciei com minha RAINHA nos próximos capítulos.
20150320_202215 20150320_202500 20150409_204631
 20150409_204747 20150409_205631 20150320_202754

 

Minha Submissão I (Aline sissy) | | No Comments

Deixe uma resposta

« »

error: Conteúdo Protegido!